NFC-e, SAT CF-e e NF-e

Posted on

Qual a diferença?

Todos se perguntam qual a diferença entre NFC-e, SAT CF-e e NF-e e, as três siglas que formam hoje uma sopa de letrinhas fiscal, podem confundir os administradores, para ajudar a entender, vamos falar um pouco sobre elas.
As três são documentos fiscais eletrônicos que sua empresa ou comércio vai precisa emitir na venda de produtos.
Basicamente, a NFe é utilizada em todos os estados brasileiros e no distrito federal e utilizada para vendas de CNPJ para CNPJ, pois exigem o cadastro do consumidor.
A NFc-e e o SAT CF-e, são os documentos fiscais que vão substituir o antigo ECF, emissor cupom fiscal e são chamados de cupom fiscal eletrônico, cada estado da federação pode optar por utilizar estas ferramentas, no estado de são Paulo por exemplo, foi adotado o SAT CF-e enquanto em praticamente todos os outros estados, foi adotado ao NFc-e. O comércio varejista faz a opção para utiliza-los pois o cadastro do cliente é optativo e pode ainda colocar somente o CPF em vendas que são solicitadas.

Vamos falar mais aprofundado sobre as Três:

NF-e (Nota Fiscal Eletrônica)
Vamos começar pela, NF-e, que é a sigla para Nota Fiscal Eletrônica. Essa nota é emitida e armazenada de maneira eletrônica e sua função é oficializar as operações de circulação de mercadorias. Exemplificando: se você comprar um item do seu fornecedor para revender depois, junto com a mercadoria você receberá uma NF-e para oficializar a transação.
A validade jurídica desse documento é feita pela assinatura digital. Ou seja, você precisa ter um Certificado Digital, que você consegue através de uma Autoridade Certificadora (AC).
A Nota Fiscal Eletrônica contém informações precisas sobre seus clientes e fornecedores. Além disso, é representada por um arquivo XML e identificada unicamente pela Chave de Acesso – um número que possui 44 dígitos.
A representação gráfica do XML da nota é o DANFE, DOCUMENTO AUXILIAR DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA, que é utilizada para o transporte da mercadoria.
Para utilizar a NF-e em seu estabelecimento, ligue grátis: 0800.779.9797 e fale com um dos consultores da NSC, desenvolvemos o CM-LIGHT que é um sistema que emite a NF-e e ajuda você no gerenciamento da sua empresa, é fácil, barato e rápido.

NFC-e (Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica)
A NFC-e ou Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica é o documento criado para substituir os Cupons Fiscais (ECF). Essa troca está sendo implantada nos estados conforme sua adesão e cronogramas estabelecidos por cada estado.
Essa mudança só veio para facilitar a vida de todos, pois reduz custos e obrigações do contribuinte, possibilitando o aprimoramento do controle fiscal, já que as informações de cada venda são transmitidas eletronicamente para a Secretaria da Fazenda de cada estado. Além disso, proporciona ao consumidor a conferência da validade e autenticidade do documento fiscal recebido através de um QR Code* presente na impressão da nota.
A NFc-e, também é um documento eletrônico na forma de um XML, e o extrato da NFce, é o papel que será entregue ao consumidor. No extrato tem o QR Code, que é o código de barras tridimensional, que pode ser escaneado pelos smartphones em um programa especifico da SEFAZ que verifica sua autenticidade.
Para utilizar a NFc-e em seu estabelecimento, ligue grátis: 0800.779.9797 e fale com um dos consultores da NSC, desenvolvemos o CM-LIGHT que é um sistema que emite a NFc-e e ajuda você no gerenciamento da sua empresa, é fácil, barato e rápido.

SAT CF-e (Cupom Fiscal Eletrônico)
Desde 2015, está em vigor o decreto que sanciona algumas mudanças na emissão do cupom fiscal pelo comércio varejista no estado de São Paulo. Ele determina a alteração do emissor de cupom fiscal (ECF) comum há muitos anos utilizado, pelo cupom fiscal eletrônico (SAT CF-e).
O objetivo dessa alteração é permitir que a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo acompanhe diariamente as operações comerciais do varejo. Para o fisco, essa é uma maneira mais eficaz de inibir a sonegação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).
Os primeiros estabelecimentos a passarem pela mudança foram os postos de gasolina e também os novos comércios varejistas que obtiveram a sua Inscrição Estadual a partir da homologação do decreto. Já para os demais tipos de comércio, a previsão é que a mudança seja obrigatória a partir de 1º de outubro 2015.

Para utilizar o SAT CF-e em seu estabelecimento, ligue grátis: 0800.779.9797 e fale com um dos consultores da NSC, desenvolvemos o CM-LIGHT que é um sistema que emite o SAT CF-e e ajuda você no gerenciamento da sua empresa, é fácil, barato e rápido.